sexta-feira, 4 de dezembro de 2009


Introdução


As maiores empresas, tanto as antigas como as do mundo atual, em sua maioria surgiram da criatividade e de muito trabalho de pessoas que não tinham capital algum, surgiram de jovens corajosos que foram em busca de seus destinos, e de inventores geniais que descobriram novas formas de criar coisas úteis para a humanidade, como o inventor do Band-aid, que o inventou para curar a mão da esposa que vivia machucada com o trabalho da casa, ou como o brasileiro que inventou o tempero pronto Arisco.



Earl Dickson, um trabalhador na fábrica da Johnson & Johnson foi o inventor do Band-Aid.

Não foi um diabólico capitalista explorador, como o marxismo se refere aos empresários, que fundou a Arisco... foi uma família simples de Goiânia que teve a brilhante idéia de fazer temperos prontos.

As grandes empresas do mundo atual não surgiram de "acumulação de capital" como o marxismo mentiroso apregoa.

Não foi um mau caráter explorador burguês que fundou a Apple como apregou a mentira marxista... foi um jovem, Steve Jobs, que com criatividade e trabalho construiu uma das maiores empresas do mundo e que beneficia milhões de pessoas com seus produtos.

O Japão nunca teve colônias e foi uma nação cujo povo se manteve isolado do mundo em sua ilha por séculos, a partir do final do século XIX se tornou uma nação onde surgiram dezenas de grandes empresas !
O EUA era colônia pobre, e foi lá que surgiram o maior número de grandes empresas fundadas por pessoas normais do povo, sem capital algum, apenas com uma boa idéia que puseram em prática.


Primeira lanchonete dos irmãos Mac, eles trabalhavam juntos fazendo e vendendo lanches, eram trabalhadores e não "capitalistas" como apregoa o ressentimento marxista contra os competentes.
O McDonald´s não surgiu de "capitalistas" burgueses que acumularam capital como o marxismo mentiroso apregoa, o McDonald´s surgiu do trabalho de dois irmãos que começaram vendendo lanches na rua.

A Coca-Cola não foi criada por um "capitalista burguês" que tinha "acumulado capital".
A Coca-Cola foi iniciada por um farmacêutico !
Que fez um xarope para curar dor de cabeça.
E depois fundou uma empresa para vende-lo como bebida normal.



John Perbenton, o inventor da Coca-cola, era um farmacêutico e fez a bebida mais famosa do mundo a partir de um xarope.

Depois de alguns anos o farmacêutico vendeu a firma para um vendedor por 2800 dolares !
E esse vendedor transformou o xarope na bebida mais conhecida do mundo !

A Nike, odiada pelos fracassados e ressentidos socialistas do mundo, não surgiu de acumulação de capital por burgueses... surgiu a tenacidade de um ex-corredor de média distâncias e de seu treinador.

Phil Knights, um ex-corredor, foi o fundador da Nike, começou vendendo calçados de porta em porta.

A Goodyear não foi um burguês que criou, ela foi fundada Frank Seiberling, que não tinha "capital acumulado" algum e precisou emprestar 3.500 dolares do cunhado para iniciar a empresa !



Frank Seiberling iniciou sua fábrica com 3500 dolares emprestados e com apenas 13 empregados.

As Meias Lupo não surgiu como a mentira marxista apregoa, surgiu do trabalho de um italiano filho de relojoeiro que fundou um negócio usando o banheiro de sua casa para fazer meias de forma artesanal.

Hentique Lupo, imigrante italiano, iniciou em Araraquara, no interior do Estado de São Paulo, a sua fábrica de meias usando o banheiro da sua casa.
Ele não era um burguês explorador como a mentira marxista apregoa, ele era um empreendedor com muita vontade de trabalhar e crescer na vida.


A XEROX não surgiu de capitalistas burgueses, surgiu do estudo e trabalho incansáveis de um engenheiro pobre, e que depois de muito pesquisar descobriu uma forma econômica e prática de tirar copias de documentos.


O fundador da XEROX era um jovem engenheiro que por muitos anos trabalhou duro para inventar a sua máquina.

A Sharp não surgiu de capitalistas burgueses, surgiu com um jovem de 19 anos que fundou em Tóquio uma oficina de metais para fazer fivelas.


Hayakawa, o jovem fundador da SHARP.

Para mostrar essa verdade e desmentir a mentira marxista fizemos um levantamento de 50 grandes empresas atuais para vermos como elas surgiram.
Todas surgiram de forma modesta, pequenas, em geral a partir do final do século XIX e primeira metade do século XX, e cresceram devido a criatividade, competência, e muito trabalho de seus fundadores.

E na humanidade existem milhões de pequenas e médias empresas que não se tornaram grandes, mas que, sustentam a produção mundial, e tais empresas JAMAIS FORAM DE BURGUESES, tais empresas são de trabalhadores, gente do povo que não ficaram esperando que um "estado socialista" viesse resolver suas vidas, e foram eles próprios mudar suas vidas criando suas próprias empresas.
E dessa forma mudaram o mundo !


São as pequenas e médias empresas as que produzem a maior parte do PIB mundial, são elas também que criam a maior parte dos empregos no mundo.

E são as empresas de alta tecnologia que estão MUDANDO O MUNDO e criando uma nova humanidade integrada que se comunica em qualquer parte do mundo.

A mudança do mundo se faz com muito trabalho e jamais com ideologias criminosas, estúpidas, que nada propõem alem da matança entre seres humanos.


Relação das 50 empresas.

ACDelco
ADAMS
ADIDAS
ALCOA
ANTARCTICA
ARISCO
AVON
BACARDI
BALDUCCO
Band-Aid
BATAVO
BENETTON
BOM BRIL
BRADESCO
BRINKS
CALOI
CALVIN KLEIN
CASAS BAHIA
CASIO
CHINA IN BOX
COCA-COLA
DELL
ERICSSON
ESTRELA
GILLETTE
GOODYEAR
GRADIENTE
HP
IBM
LIVRARIA SICILIANO
LOJAS CEM
L'ORÉAL
MAIZENA
McDonalds
MEIAS LUPO
MOTOROLA
NESTLÊ
NIKE
PÃO DE AÇÚCAR
PARKER
PIRELLI
SADIA
SAMSUNG
SANYO
SEIKO
SHARP
SHELL
SOUSA CRUZ
TAM
XEROX


Continua no próximo texto.


***

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009


Cinquenta grandes empresas e suas origens.
ACDelco

Albert Champion,
que produzia velas de ignição por hobby, fundou a The Champion Ignition Co em 1899.
Apenas dois anos depois, os irmãos Frank e Perry Remy fundavam a Remy Electric Company, e foram os primeiros a fabricar dínamos e magnetos utilizados nas baterias de ignição utilizadas nos automóveis da época.
A união das duas empresas deu origem a ACDELCO

ADAMS

O iniciador da Adams foi
um jovem fotografo chamado Thomas Adams Junior, que era vizinho do ditador mexicano Antonio López de Santa Anna, exilado em Nova York em 1869.
López mascava Tchiclém, uma espécie de resina descoberta pelos Maias.
Thomas, inventor nas horas de folga, primeiro tentou utilizar a substância chicle para substituir a borracha sintética na fabricação de produtos.
Algum tempo depois, Adams estava numa farmácia e ouviu uma pequena menina pedir um tablete de cera parafinada para mascar. Foi aí que teve um estalo.
Com a ajuda de seu filho, amoleceu o chicle com água quente, depois sovou a massa para que ficasse macia e acrescentou alcaçuz.
Cortou o material em pequenos pedaços, os cobriu com vários papéis coloridos e vendeu na mesma farmácia, onde vira a garotinha que lhe havia inspirado.
Foi esse o inicio de mais uma grande empresa "capitalista".

ADIDAS

Adolph Dassler iniciou um pequeno negócio após o fim da Primeira Guerra Mundial, na cidade alemã de Herzogenaurach, produzindo malas militares e calçados para sustentar a família.
A velha lavanderia de sua mãe foi convertida em uma modesta oficina de 20 metros quadrados.
Inicialmente, o negócio era parecido com o de qualquer outro sapateiro,
mas ele nunca desistiu de seu sonho e da paixão por desenvolver calçados especificamente para o esporte.
Após um período difícil de inflação e desemprego, seu irmão, Rudolf, juntou-se ao negócio em 1924.
Sendo um vendedor treinado, Rudolf era responsável principalmente por tarefas administrativas, enquanto Adolf concentrava-se no desenvolvimento e na produção.
Os irmãos fundaram a “Dassler sport shoes” (Fábrica de Calçados Esportivos dos Irmãos Dassler) em 1924, inicialmente empregando 12 trabalhadores.
Trabalhando dia e noite em sua oficina ampliada, os irmãos e seus funcionários conseguiam produzir 50 calçados por dia.
Em 1925, Dassler obteve suas primeiras patentes: uma para um calçado de corridas com travas forjadas a mão, e outra para uma chuteira de futebol com botões de couro rebitados.
Tudo motivado pela idéia que o guiou durante toda sua vida: a de que cada atleta tivesse o sapato adequado para o esporte que praticava.
Foi esse o inicio de mais uma grande empresa "capitalista".

ALCOA

No Oberlin College em Ohio, EUA, o professor Frank Jewett mostrou aos seus alunos de química um pequeno pedaço de alumínio e disse-lhes que quem descobrisse uma forma econômica de produzir esse metal ficaria rico.
Um daqueles alunos, Charles Martin Hall, costumava fazer experiências com minerais desde os 12 anos,
ele transformou uma pequena cabana atrás de sua casa em um rústico laboratório.
Após a formatura, ele continuou com suas experiências.
Aprendeu como conseguir óxido de alumínio e fabricou seu próprio cadinho de carbono com um banho de criolita contendo alumina e passou uma corrente elétrica através dele.
O resultado foi uma massa solidificada que ele deixou esfriar, e depois estilhaçou com um martelo.
Surgiram então várias pequenas pelotas de puro alumínio.
Foi uma descoberta memorável no dia 23 de fevereiro de 1886, quando ele tinha apenas 22 anos.
Foi esse o inicio de mais uma grande empresa "capitalista" sendo que o criador da empresa não tinha nenhuma "acumulação de capital", tinha apenas a sua competência e muita vontade de trabalhar.

ANTARCTICA

No ano de 1885 Joaquim Salles tinha uma fábrica de gelo ociosa na Água Branca em São Paulo.
Isso despertou o interesse do cervejeiro alemão Louis Bücher, que possuía uma pequena cervejaria.
Os dois se associaram e em 1888 criaram a primeira fábrica de cerveja do Brasil com tecnologia de baixa fermentação.
As primeiras cervejas lançadas no mercado foram a Antarctica Pilsen e Antarctica Original.
Ao darem um nome a cerveja e a engarrafarem,
inovaram, até então a cerveja era vendida em barris e não tinha nome.

ARISCO

Em 1942 a família Alves de Queiroz montou
um pequeno armazém de secos e molhados. O negócio prosperou e foi transferido para Goiânia.
Em 1969 eles resolveram
investir em um novo negócio. a produção de sal temperado.
Uma mistura de sal e temperos que pretendia facilitar a vida da dona-de-casa. Embalado em potes de plástico, o tempero pronto revolucionou a vida das donas-de-casa acostumadas a amassar sal, alho e pimenta no pilão.
Para se firmar no mercado e conquistar a consumidora que ainda desconfiava dos produtos industrializados, a marca apostou em uma ousada estratégia corpo a corpo. Para isso, foi montada uma frota terceirizada de 30 peruas Kombi, pintadas nas cores azul e vermelha, as mesmas utilizadas nas embalagens do tempero em pasta.
Os motoristas dos veículos iam de loja em loja, desempenhando o papel tanto de demonstradores quanto de vendedores.
E o alvo inicial foram as mulheres dos donos das quitandas e mercearias.
Elas eram convencidas a experimentar o tempero, gratuitamente, com o argumento de que ganhariam muito tempo no preparo das refeições.
E, assim, “sobraria mais tempo para namorar”.
Depois da conquista do pequeno varejo, a ARISCO resolveu ingressar nas grandes redes, oferecendo caixas do tempero em pasta gratuitamente.

AVON
O vendedor de livros David H. McConnell, começou a oferecer um frasco de perfume como brinde para seus clientes.Criou uma fragrância nova de rosas para presentear com vidrinhos de perfume quem aceitasse ouvir sua apresentação, pois não era bem recebido nas casas, quando vendia livros de porta em porta, na cidade de Nova York.Acabou mudando de ramo, pois o sucesso do brinde foi maior do que de seus livros.
Nasceu então a empresa California Perfume Company voltada para vendas em domicílio.
O negócio começou em um espaço não maior do que uma despensa de cozinha.
Ele próprio produzia os perfumes, era o caixa, o correspondente, o despachante e o office boy.
E assim começou mais uma grande empresa "capitalista" sem que tivesse existido nenhuma "acumulação de capital" pelo seu fundador.

BACARDI

Facundo Bacardi Massó, nasceu na Espanha no ano de 1813,
tinha somente 14 anos quando imigrou para Cuba, onde prosperou como importador de vinhos e outras mercadorias.
Facundo criou uma fórmula de um rum mais suave e forte, muito mais agradável ao paladar do que o jamaicano vendido até então..
Primeiramente começou a produzir para o seu próprio consumo um rum refinado graças às técnicas apuradas de filtragem, para as quais utilizava carvão com o objetivo de reter as impurezas e conseguir assim um sabor agradável, que melhorava muito o paladar da bebida, deixando-a não tão forte.

Seus amigos começaram a experimentar a bebida e logo fizeram a fama de Dom Facundo, que começou a distribuir cada vez mais o rum entre seus conhecidos.
Esta pequena distribuição entre familiares e conhecidos deu origem a idéia de estabelecer um pequeno comércio, para então por à venda a bebida.

Em 4 de fevereiro de 1862, Facundo Bacardi comprou uma pequena destilaria por 3.500 pesos em Santiago de Cuba fundando a empresa Rum Bacardi y Compañia.
Em dois anos Facundo experimentou diversas formas de destilar e filtrar a bebida, armazenou em barris de carvalho e chegou à “fórmula Bacardi”.
Durante anos, a empresa se esforçou para sobreviver em meio à guerra da independência de Cuba.
Em 1877 Facundo aposentou-se, passando o comando da destilaria para seu filho Emilio e o segredo de seu rum para seu outro filho Fernando M..
Em meados de 1890, o terceiro filho de Facundo, José, abriu um escritório de vendas na cidade de Havana.
Em 1898, após a derrota da Espanha na guerra Hispano-americana, a popularidade da empresa cresceu com a invenção de duas bebidas novas - o Daiquirí e a Cuba Libre,
Em 1910 o rum BACARDI foi engarrafado pela primeira vez fora de Cuba, em Barcelona, o que deu início a uma larga expansão internacional,
tornando a primeira corporação cubana multinacional.
Nos anos seguintes, Emilio expandiu a empresa para a Espanha, Estados Unidos e construiu uma nova destilaria em Santiago de Cuba.
Nos anos 30, a empresa internacionalizou sua produção.

Tudo ia bem até que Fidel Castro derrubou o regime em 1958, e assumiu o controle da ilha em 1959,
confiscando os ativos da BACARDI então estimados em US$ 76 milhões, obrigando a família a exilar-se nos Estados Unidos.Fidel Castro tentou vender o rum, pois achava que havia se apoderado da marca, porém a BACARDI ganhou todos os casos e processos nas cortes da Inglaterra, da França, de Israel e de Tóquio, onde ele tentou vender o produto.
Em meados da década de 70, o rum da BACARDI tinha se transformado no maior sucesso de vendas nos Estados Unidos e consequentemente no mundo.
Em 1983, o rum BACARDI se converteu na bebida mais vendida do mundo com a marca de 200 milhões de caixas produzidas.
BALDUCCO

Em 1948 o
representante comercial Carlo Bauducco chega ao Brasil vindo da cidade italiana de Turim.
Ele vinha cobrar uma dívida, recebeu parte do dinheiro apenas, ele estava com 42 anos e decidiu ficar no Brasil.
Carlo observou que panetones eram pouco consumidos em São Paulo, ele começou a fazer os panetones e algum tempo depois ele já fazia planos para vender panetones para toda cidade de São Paulo.
Em 1952 ele inaugurou uma pequena confeitaria chamada DOCERIA BAUDUCCO no Brás, onde também fazia biscoitos Champanhe, doces e salgados.
Para divulgar sua confeitaria Carlo teve a idéia de encher um avião de panfletos e joga-los sobre a cidade de São Paulo.
Foi um grande sucesso de vendas !
Foi esse o iniciou de mais uma grande empresa "capitalista" sem a necessidade de nenhum "capital acumulado".

Band-Aid

Earl Dickson,
um comprador de algodão da fábrica Johnson & Johnson, chegava em casa o jantar já estava na mesa e todas as tarefas feitas por sua mulher.
Porém, ao fazer todas essas tarefas de uma dona de casa sua esposa vivia machucando as mãos.
Comovido com os ferimentos da esposa e vendo que seus machucados demoravam a cicatrizar, Earle resolveu fazer e deixar alguns curativos prontos para que a mulher usasse durante o dia, enquanto ele trabalhava.
Todas as manhãs, preparava algumas bandagens, colocando tiras de gazes, algodão e adicionando creolina, colados em tiras adesivas.
A partir daí sua esposa passou a cuidar melhor dos seus ferimentos.
Earl,
que mais tarde se tornou Vice Presidente da Johnson & Johnson, onde permaneceu até se aposentar em 1957, contou ao seu chefe sobre sua nova invenção e os curativos começaram a ser produzidos em grande escala pela Johnson & Johnson.
Temos ai um belo exemplo de um empresário "capitalista" que não tinha capital algum !

BATAVO

Em 1911 holandeses vieram para o Brasil, e estabeleceram-se no Paraná.
Entraram em um plano de colonização para produzir leite por 10 anos para a Brazil Railway Company em troca de terras.
Nesta época as famílias holandesas iniciaram a produção de leite e o processamento artesanal de queijos e manteiga.
Em 1925, quatro pequenas fábricas se uniram em torno de uma produção leiteira de 700 litros/dia.
Coube a três dessas famílias holandesas, uma das primeiras iniciativas de criar uma cooperativa de produção no Brasil, surgindo assim a Sociedade Cooperativa Holandesa de Laticínios, que distribuía seus produtos em Ponta Grossa, Castro, Curitiba e São Paulo.
A marca BATAVO surgiu somente em 1928.
Esse foi o início de mais uma empresa "capitalista" no Brasil que atualmente é uma das maiores no ramo de alimentos.

BENETTON

Em 1965
Giuliana Benetton moradora na cidade de Ponzano Veneto, Itália, decidiu tecer blusas bem coloridas.
Seu irmão, Luciano, começou a vender as roupas coloridas que a sua irmã confeccionava nos tempos livres.
Com "capital acumulado"
obtido com a venda de uma bicicleta e um acordeão, adquiriram uma máquina de fazer malhas, passando a produzir regularmente.
As malhas eram vendidas às lojas na região do Vêneto.
Com o êxito obtido dos pulôveres coloridos foi necessário investir novamente na empresa e o negócio floresceu.
Foi esse o inicio de mais uma grande empresa "capitalista".

BOM BRIL

Em 1948 Roberto Sampaio Ferreira recebeu como pagamento de uma dívida uma máquina de extração de esponjas de lã de aço, até então um produto importado e caro
Neste mesmo ano ele iniciou a fabricação da lã de aço com a fundação da empresa Abrasivos Bombril no Brooklin em São Paulo.
Foi um grande sucesso junto as donas de casa porque, além de polir panelas também limpava vidros, louças, azulejos e ferragens, ficando conhecido como de “1001 utilidades”.
No primeiro ano de funcionamento foram vendidas 48 mil unidades.
Foi esse o inicio de mais uma grande empresa "capitalista".

BRADESCO

Em 1943 o jovem Amador Bueno, um ex-trabalhador rural que havia fugido de casa com 16 anos com apenas uma moeda no bolso e passou por algumas cidades e trabalhou em diversos lugares, e juntou algumas economias, morava na cidade de Marília, interior de SP, e junto com alguns amigos comprou a Casa Bancária Almeida, um banco falido da cidade.
A instituição ganhou um novo nome - Banco Brasileiro de Descontos S.A., que depois viria a ser conhecido como Bradesco.
Amador modelou o perfil do banco como uma instituição que democratizou o acesso a serviços e produtos financeiros ao público em geral.
E assim surgiu mais uma grande empresa "capitalista".
Seu dono tinha o enorme "capital acumulado" - uma moeda.

BRINKS

Washington Perry e Fidelia Brink fundaram em 1859, em Chicago, a empresa que levaria seus sobrenomes, chamada inicialmente de BRINK’S CITY EXPRESS.
A empresa inicia suas atividades
como transportadora de caixas e bagagens de homens de negócio, que viajavam para a cidade em missões comerciais.
Em 1891 a BRINKS fazia sua primeira entrega bancária – seis sacos de dólares de prata – para o Home National Bank, tornando-se com isso a
primeira transportadora de valores do mundo.
Em 1900, a empresa já contava com 85 carruagens e 200 cavalos, tendo com gerente um veterinário.
Pouco depois, em 1904, a BRINKS colocou em serviço seu primeiro carro modelo Knox a gasolina, que atingia a 40 km e equivalia a três carruagens e doze cavalos, aumentando assim a segurança e reduzindo o tempo de transporte de valores.

CALOI

Em 1898, Luigi Caloi veio da Itália para o Brasil com seu cunhado Agenor Poletti, um mecânico muito hábil.
Abriram a Casa Poletti & Caloi,
um estabelecimento que consertava e reformava bicicletas de corrida do Clube Atlético Paulistano em São Paulo.
Quatro anos depois, Luigi se tornou representante exclusivo da fábrica italiana de bicicletas Bianchi no Brasil.
Em 1924, ele faleceu e a empresa ficou com seu filho Guido.
Em 1942, as dificuldades de importação p obrigaram a produzir peças de reposição.
Depois da guerra ele continuou a fabricar as peças e inaugurou a primeira fábrica de bicicletas do Brasil.

CALVIN KLEIN

O estilista Calvin Richard Klein nasceu no tradicional bairro do Bronx em Nova York e desde criança sempre foi apaixonado por moda.
Ainda menino, aprendeu sozinho a desenhar e a costurar.
Seu talento lhe rendeu bolsas de estudo na New York High School of Art and Design e no Fashion Institute of Technology, formou-se em 1962.
Depois de trabalhar como aprendiz em uma loja de casacos, ele e seu amigo de infância, Barry Schwartz, com US$ 10 mil de capital, lançaram sua primeira coleção masculina e feminina de paletós, casacos e capas em 1968.
Surgia a marca CALVIN KLEIN.

CASAS BAHIA

O polonês Samuel Klein veio para a Bolívia em 1951, e depois para o Brasil,
Chegou em São Paulo com apenas 6000 dolares,
aplicou 2000 para iniciar um pequeno negócio.
Comprou uma carroça e foi vender roupas de cama, mesa e banho com ela.
De porta em porta, começou a vender pela região do ABC, oferecendo a mercadoria em até 8 prestações para quem não podia pagar.
Cada cliente tinha um cartão com o nome, endereço, as compras efetuadas e a forma de pagamento.
Em 1957 ele inaugurou sua primeira loja em São Caetano do Sul, SP, com o nome de Casa Bahia.
E assim surgiu mais uma grande empresa "capitalista".

CASIO

Em 1946 Tadao Kashio, um engenheiro, fundou a empresa Kashio Seisakusho na cidade de Tóquio.
O primeiro produto fabricado pela empresa foi o cachimbo yubiwa, um anel onde era possível encaixar um cigarro aceso.
O produto se tornou um grande sucesso pois permitia fumar os cigarros por completo, além de deixar as mãos do fumante livres para trabalhar.
O rumo da empresa mudou em 1949, quando Toshio seu irmão, o convenceu a investir os lucros obtidos com o cachimbo yubiwa para desenvolver uma máquina apresentada no Business Show de Ginza, em Tóquio -
a calculadora.
E assim surgiu mais uma grande empresa "capitalista".

CHINA IN BOX

Robinson Shiba percebeu a alta demanda por comidas chinesas por parte dos consumidores, a comida chinesa seria uma alternativa à pizza, único produto que era vendido com entrega na época.
Procurou amigos para parcerias um deles criou o logotipo e as embalagens, um outro arquiteto fez os projetos da loja, um outro que trabalhava em uma gráfica imprimiu os folhetos, e um amigo cozinheiro chefiou a cozinha.
E junto com sua irmã Helen, e seu irmão Hideaki Shiba, inaugurou a primeira loja no bairro de Moema, em São Paulo.
Foi o início de uma grande rede.

COCA-COLA

Em 1886 John Styth Pemberton,
um farmacêutico da cidade de Atlanta, criou uma bebida, a qual chamou de “tônico para o cérebro”.
O farmacêutico, que adorava manipular fórmulas medicinais, ao pesquisar a cura para dores de cabeça criou uma mistura líquida de cor caramelo que incluía extrato de noz-de-cola, um estimulante com alto teor de cafeína, e também extrato de folhas de coca.
Levou a mistura para uma farmácia, a Jacob’s Pharmacy, onde o xarope de cor castanha, misturado à água carbonatada, foi oferecido aos clientes, que consideraram a bebida muito especial.
A farmácia colocou o copo do produto à venda por 5 centavos.
Frank Mason Robinson,
um contador, batizou a bebida de COCA-COLA.
A princípio, o concentrado era acondicionado em pequenos barris de madeira na cor vermelha.
Por isso a cor vermelha foi adotada como oficial da bebida.
Nos primeiros anos foram vendidos aproximadamente 237 ml por dia.
Em 1891 Pemberton vendeu a empresa para Asa Griggs Candler
por 2.300 dolares.
Candler tornou-se o primeiro presidente da empresa e o primeiro a dar real visibilidade ao negócio e a marca.
Asa Candler,
um vendedor nato, transformou a COCA-COLA de uma simples invenção em um dos maiores negócios do mundo !
E assim surgiu mais uma grande empresa "capitalista" sem que tivesse tido a necessidade de nenhum "capital acumulado".
Apenas a criatividade foi necessária.

DELL

Michael Dell em 1984,
com apenas 19 anos e ainda estudante de medicina na Universidade do Texas, "acumulou" o "capital" de 1000 dolares e fundou PC´s Limited.
Sua idéia era vender computadores pessoais direto aos clientes, passando por cima dos canais de distribuição tradicionais: as lojas. Para dar o pontapé inicial da empresa, precisava conseguir máquinas a preços baixos.
Entrou em uma loja de informática e comprou a prazo todo o estoque de computadores encalhados.
Aí, pegou as máquinas, e dentro de seu dormitório na universidade, calibrou-as com discos rígidos maiores e programas mais recentes, e começou a vendê-las por telefone, com preços em média 20% inferiores aos da concorrência, através de anúncios colocados em revistas especializadas de informática.
Nascia um conceito novo e simples de negócio, vender computadores pessoais diretamente ao consumidor, trabalhando com estoques mínimos, sem o uso dos canais tradicionais de distribuição.
E assim surgiu mais uma grande empresa "capitalista".

ERICSSON

Em 1876, o sueco Lars Magnus Ericsson e seu amigo Carl Johan Anderson,
abriram um pequeno negócio, a LM Ericsson & Co, na cidade de Estocolmo.A empresa consertava aparelhos de telegrafia.
No ano de 1878 a ERICSSON começou a fabricar seus próprios instrumentos e telefones.
Em 1881 a empresa já exportava os primeiros instrumentos de telefones e a produção de aparelhos atingia a marca de 500 unidades por ano.
Com sua reputação estabelecida na região, o primeiro aparelho de telefone combinado com microfone e receiver foi introduzido pela empresa no mercado em 1884.
Na década de 1890, com o mercado sueco saturado, a empresa começou sua expansão internacional.
E assim surgiu mais uma grande empresa "capitalista".

ESTRELA

Em 1937 o alemão Siegfried Adler
comprou uma pequena fábrica de bonecas falida.
Em 1940 a fábrica lançou o cachorro Mimoso, o primeiro brinquedo de fabricação brasileira, feito em madeira que se movimentava e produzia som.
Em seguida lançou o Banco Imobiliário que foi um sucesso nacional !
Em 1950 foram feitas bonecas de plástico que dormiam e choravam.
E assim surgiu a maior empresa brasileira de fabricação de brinquedos.

GILLETTE

King Camp Gillette,
funcionário da Companhia de Selos de Baltimore, em 1895, ao fazer a barba, teve um momento de inspiração e idealizou um aparelho que revolucionou o ato de barbear.
Percebendo que para se barbear, só a ponta da lâmina da navalha era necessária, pensou então em fabricar uma lâmina de aço pequena e descartável.
Associado a William Nickerson, um engenheiro mecânico, resolveram os problemas técnicos para produzir a lâmina em escala industrial, e assim surgiu o primeiro aparelho de barbear descartável.
Em 1901 os dois fundaram a Gillette Safety Razor Company,
com um capital de US$ 5 mil, emprestado pelo industrial John Joyce.

GOODYEAR

A Goodyear foi fundada em 1898 por Frank Seiberling,
com 3.500 dolares que pediu emprestado a um cunhado, na cidade de Akron, Ohio, contando com apenas 13 funcionários e produzindo pneus, revestimentos para ferraduras, anéis vedantes para enlatados e mangueiras.
Em seu primeiro ano a empresa faturou US$ 8.246,00.
Já no ano seguinte, adiciona a sua linha de produtos os pneus para automóveis.
Sua história começaria a mudar quando em 1901 Seiberling ofereceu ao jovem Henry Ford, pneus para serem utilizados em seu carro de corrida.
Era o início da marca em competições automobilísticas.
Já em 1908, quando os modelos FORD T saiam da linha de produção eram equipados com pneus da marca.

GRADIENTE

A Gradiente foi fundada em 1964 por
quatro jovens estudantes de engenharia, com produção artesanal eles fabricaram o primeiro amplificador estéreo transistorizado do Brasil.
Em 1972 inauguram sua primeira fábrica na cidade de Manaus.
Em 1978 introduziram no Brasil o conceito de audio system.
Em 1979 a empresa lançou, como uma alternativa mais sofisticada aos "3 em 1", um novo tipo de aparelhos de som.
E em 1993 a Gradiente lançou o vídeogame Atari.
E assim surgiu mais uma grande empresa "capitalista".

HP

Bill Hewlett e Dave Packard,
dois estudantes da universidade de Stanford, em 1938, investiram 538 dolares para fabricar em uma garagem, na cidade de Palo Alto, Califórnia, seu primeiro produto, um oscilador de áudio, batizado de HP 200A, instrumento gerador de frequ}encias de áudio muito usado por engenheiros de som para testar equipamentos sonoros.
Esse produto representou uma ruptura da tecnologia em tamanho, preço e desempenho.
Um de seus primeiros clientes foi o Walt Disney Studios.
Com o sucesso do primeiro produto, ambos resolveram, em 1939, fundar a Hewlett-Packard Company.
E de uma garagem surgiu mais uma grande empresa "capitalista" !

IBM
O estatístico do governo Herman Hollerith inventou uma máquina elétrica eficiente para o censo de 1890.
Com ela ele facilitou a soma e contagem de dados, os quais eram representados sob a forma de perfurações adequadamente distribuídas em fita de papel.
Os resultados do censo foram fornecidos três anos depois e com isso, fez-se uma economia de muitos anos de trabalho.
Em 1896, ele criou a Tabulating Machine Company e fez inovações em sua máquina.
Assim foi como começou uma das maiores empresas "capitalista" do mundo, a IBM.

LIVRARIA SICILIANO

O italiano Pedro Siciliano fundou em 1928
uma pequena loja para distribuição de jornais e revistas.
Uns anos depois passou também a distribuir nas cidades de Santos e Belo Horizonte,
A Siciliano distribuia todas as revistas nacionais e também começou a importar revistas estrangeiras.
Em 1942 inaugurou a primeira livraria no centro da Cidade de São Paulo dando início a maior rede de livrarias do Brasil.

LOJAS CEM

Em 1952, na cidade de Salto no interior de SP, Remígio Dalla Vecchia, montou
uma loja de conserto e venda de bicicletas, peças e acessórios chamada Casa de Bicicletas Zani.
Em 1959 as peças e consertos foram substituídos por eletrodomésticos e móveis.
Em 1976 a empresa mudou o nome para Lojas CEM, "cem" quer dizer - Centro dos Eletrodomésticos e Móveis.
Este foi o início de mais uma grande empresa "capitalista" sem capital acumulado nenhum.

L'ORÉAL

Em 1907 Eugéne Schueller,
um jovem químico francês, desenvolveu, na cozinha de seu apartamento, uma nova fórmula sintética de tintura para cabelos, que ele chamou de “Auréole”, começando assim sua história de sucesso.
A fórmula, baseada em um novo componente químico, a paraphenylenediamine, foi a primeira tentativa bem sucedida de desenvolver uma tintura para cabelo segura e não agressiva.
Logo, começou a fabricar e fornecer seus produtos, que eram vendidos para os mais chiques e sofisticados salões de cabeleireiros de Paris.
Em 1909 registrou a empresa com o nome de Société Française de Teintures Inoffensives por Cheveux (Safe Hair Dye Company of France), que depois viria a ser chamada de L’ORÉAL.

MAIZENA
Inglaterra, 1840.
A indústria têxtil estava a todo o vapor e, para encorpar os tecidos recém-saídos dos teares, aplicava a goma feita com farinha de milho.
Os resultados com o pó grosseiro, no entanto, estavam longe do ideal.
Dois ingleses, William Brown e John Polson, decidiram aprimorar o produto para atender à demanda das fábricas.
Fundaram uma refinaria e chegaram a um processo que resultava num amido excelente para as tecelagens e lavanderias domésticas.
O transformaram também em alimento, lançado no mercado como farinha de milho Brown & Polson. Foram os pioneiros.
EUA, 1842.
Thomas Kingsford funcionário de uma refinaria de milho, quebrava a cabeça para encontrar um processo mais simples de extração de amido.
Suas experiências deram certo e, alguns anos depois, Kingsford abriu uma fábrica para produzir farinha do seu jeito.
O amido de milho Kingsford servia, a princípio, às indústrias que precisavam de goma.
Mas a invenção era boa demais para ter só essa função. Kingsford sabia disso e começou a produzir amido para o setor de alimentos.
Alemanha, 1843.
Enquanto na Inglaterra e no EUA os competentes imaginavam formas para melhorar a vida dos seres humanos, na Alemanha, Karl Marx começava sua ideologia para destruir a sociedade.

McDonalds

Em 1937 os irmãos Dick e Mac McDonald
abrem uma barraca de cachorro-quente chamada Airdome em Arcadia, Califórnia.

Em 1940 eles mudam a barraca para San Bernardino na Califórnia, onde eles também abrem um restaurante McDonald´s.
O cardápio se baseava em 25 itens, a maioria deles churrasco.
O primeiro hamburguer McDonald´s custou 15 centavos de dólar.

Em 1948
eles notaram que a maioria do dinheiro que eles ganhavam vinham dos hambúrgueres, eles fecharam o restaurante e tentaram implantar um novo sistema rápido para fazer lanches.
Quando reabriram o restaurante passaram a vender somente hamburguers, milk-shakes e batatas fritas e conseguiram grande aceitação !
Em 1953 os irmãos McDonald começaram a criar franquias de seus restaurantes e surgiu o estilo com os Arcos de Ouro.
O quarto restaurante foi aberto em Downey na California onde funciona até hoje.
Em 1961 os irmãos McDonald vendem a Ray Kroc, um de seus franquiados, os direitos da sua companhia por US$ 2,7 milhões.
Kroc deu continuidade e construiu a maior rede de lanchonetes do mundo.

MEIAS LUPO

Em Araraquara, interior do estado de São Paulo, Henrique Lupo, filho de relojoeiro italiano procurava um novo negócio que lhe desse condição de sustentar sua numerosa família.
Em 1921 ele fundou as Meias Araraquara,
uma improvisada linha de produção artesanal na própria casa da família, com duas máquinas de costura na sala e o tingimento das meias sendo realizado nos banheiros.
Inicialmente e pequena empresa fabricava apenas meias masculinas, e foi crescendo.
Um de seus filhos, Rolando, deu continuidade a empresa que passou a importar fios da Europa para confecção das meias.
Em 1937 a empresa adotou o nome de MEIAS LUPO.
E assim, dos banheiros da casa como fabrica, surgiu uma das maiores fabricantes de meias do mundo sem nenhuma "acumulação de capital".

MOTOROLA

A empresa foi fundada pelos irmãos Paul e Joseph Galvin com a razão social de Galvin Manufacturing Corporation na cidade de Chicago em 1928,
tendo apenas 5 empregados.
Os primeiros produtos a serem fabricados foram baterias para rádios domésticos.
O primeiro sucesso comercial da empresa aconteceu somente em 1930, com o lançamento de um rádio para automóvel, prático e de preço acessível.
Paul Galvin deu ao aparelho o nome de MOTOROLA, que significa “som em movimento”.
Em seguida a empresa entrou no mercado de rádios domésticos e criou o primeiro sistema de “rádio patrulha” para a polícia.
A partir de 1940 a empresa ganhou maior impulso com o lançamento de uma série de novos produtos como o primeiro rádio portátil bidirecional para função militar e civil.
E assim surgiu mais uma grande empresa.

NESTLÊ

Henri Nestlé, foi um farmacêutico alemão que inventou a primeira fórmula de alimento nutritivo para as crianças cujas mães estavam impossibilitadas de amamentar - a farinha láctea
Para personificar o negócio, ele usou o brasão de sua família, que tinha a figura de um ninho.
O nome NESTLÉ, em alemão, significa “pequeno ninho”. .
A novidade se revelou eficaz na alimentação das crianças nos primeiros meses de vida e teve enorme sucesso.

NIKE

A idéia de criar a NIKE foi de Phil Knight,
um ex-atleta de corridas de média distância da universidade de Oregon.
Ele acreditava que se importasse tênis mais baratos fabricados no Japão poderia conquistar uma parcela de mercado norte-americano da Adidas.
Começou então pelos tênis de atletismo.
Em 1962 foi ao Japão negociar com a marca Tiger a importação e representação de tênis para atletismo.
No ano seguinte a primeira remessa com 200 pares chegava a Portland no Oregon, em nome da empresa Blue Ribbon Sports,
que ele e seu treinador Bill Bowerma haviam criado.
Eles modificaram o modelo incorporando a primeira entressola completamente acolchoada.
O tênis fez sucesso junto ao público.
Eles sentiram a necessidade de um tênis que pudesse melhorar o desempenho dos atletas.
Bowerman decidiu então testar um novo solado -
despejou uma borracha mais leve na chapa de waffles da esposa na tentativa de criar um solado melhor, sua invenção foi bem aceita !
Surgia então um tênis com uma sola leve e ondulada.
Começaram a produzir seus próprios tênis.
Esta parceria não poderia ser melhor, além de grandes amigos, ambos entendiam do negócio que estavam começando.
Enquanto
Phil vendia os tênis no porta-malas de seu carro nas competições de atletismo, Bill cuidava do desenvolvimento e design de novos modelos.
Em 1971 a jovem estudante de design gráfico Carolyn Davidson criou pelo preço de 35 dolares o famoso símbolo da marca - Swoosh.
O nome Nike (deusa grega da vitória) surgiu por sugestão de Jeff Johnson, também um ex-atleta.
E assim surgiu, do trabalho e do esforço de dois amigos, a marca mais invejada e odiada pelos ressentidos e fracassados do planeta, a NIKE !

PÃO DE AÇÚCAR

Em 1929
o jovem português Valentim dos Santos Diniz chegava ao Rio de Janeiro, sua primeira visão foi o Pão de Açúcar, que ficou marcada na sua cabeça.
Para não fugir a regra, em 1948, ele iniciou um modesta padaria em São Paulo, a que deu o nome de "Pão de Açúcar", porque vendia doces também, e foi um sucesso com o público feminino paulistano.
E foi dessa padaria que surgiu um dos maiores grupos empresariais do Brasil, sem "acumulação de capital" nenhum, apenas com muito trabalho e competência.
Que hoke em dia é motivo de inveja e ódio da ralé marxista e socialista do Brasil.

PARKER

George Safford Parker, j
ovem professor de uma pequena escola da cidade de Janesville, Wisconsin, EUA, vendia canetas-tinteiro para seus alunos como forma de aumentar um pouco sua renda mensal e equilibrar suas finanças pessoais.
Porém, estas canetas apresentavam defeitos freqüentes e Parker sentia-se na obrigação de consertá-las.
Desta forma, ele ganhou credibilidade, aumentando em muito o número de canetas vendidas.
Tendo em mente a necessidade de produzir um instrumento de escrita “ideal”, e acreditando que se fizesse a melhor caneta as pessoas iriam comprar, George Parker cria sua primeira caneta em 1888.
No ano seguinte, o projeto é patenteado, ele funda, juntamente com W. F. Palmer, a Parker Pen Company.

PIRELLI

Em 1872, na cidade de Milão, Giovanni Battista Pirelli,
um jovem engenheiro, com então 24 anos, fundou a Pirelli e iniciou uma pequena produção de correias e mangueiras.
Em poucos anos a PIRELLI iniciou a produção de todos os tipos de produtos derivados de borracha para os setores técnicos, industriais e científicos.
Em 1879 teve início a produção de cabos para aplicações elétricas.
O pneu PIRELLI, que tornaria a empresa conhecida no mundo inteiro, surgiu em 1890.

SADIA

Attilio Fontana em 1944
comprou um frigorífico falido em Concórdia, SC.A empresa mal tinha condições de funcionar, suas instalações estavam inacabadas.
Sob precárias condições ele começou a produzir farinha e o farelo de trigo.
O abate de suínos começou um ano após com 30 animais abatidos.
Em 1946 ele conseguiu terminar o frigorífico e já abatia 100 suínos por dia.
Outros produtos tais como banha, toucinho, carnes salgadas, pernil, presunto, salame, lombo e lingüiça também eram produzidos.
Em 1947 a empresa que até então se chamava Indústria e Comércio Concórdia teve o nome mudado para SADIA.

SAMSUNG

Em 1938 o senhor Byung Chull Lee
iniciou um pequeno negócio na cidade de Taegu, Coréia.
O negócio era voltado a exportações, vendendo peixe seco, vegetais e frutas para a Manchúria e Beijing na China.
Mas em pouco mais de uma década a empresa já tinha seus próprios moinhos e operações de manufatura e vendas.
Nas décadas seguintes a empresa diversificou sua atuação para venda de açúcar (1953), seguros (1958), lojas de departamento (1963), e funda um canal de televisão e um jornal em 1965.
Em 1969, a empresa fundaria a Samsung Eletronics, com a qual a empresa iria se tornar conhecida no mundo inteiro.

SANYO

A empresa foi fundada por Toshio Iue,
um ex-empregado da Matsushita, no ano de 1947 no Japão.
No ano de sua fundação lançou o seu primeiro gerador de energia para as lâmpadas de bicicleta.
A partir de 1952 a empresa lança o rádio de plástico, em seguida televisores, em 1958 inicia a produção de transistores em larga escala.
Nos anos seguintes se sucederam as invenções e inovações.

SEIKO

A SEIKO foi fundada em 1881 por Kintaro Hattori,
um jovem com apenas 21 anos, como uma pequena loja de relógios em Tóquio.
Em 1892 a empresa inaugura a fábrica de relógios Seikosha.
Nesse mesmo ano tem início a produção de relógios de parede.
No ano de 1899 introduz no mercado o relógio despertador.
Em 1902 a SEIKO lançou os relógios de mesa e relógios musicais.
O primeiro relógio de bolso produzido no Japão foi lançado em 1913.
No ano de 1938 a produção de relógios já ultrapassava a marca de 1 milhão de unidades.

SHARP

Em 1912, Tokuji Hayakawa,
um jovem de apenas 19 anos de idade, fundou uma oficina de metais na cidade de Tóquio para produzir o “Tokubijo”, uma espécie de fivela de metal.
No ano de 1915 foi estabelecida a Hayakawa Brothers Shokai para fabricar instrumentos metálicos para escrita.
Nesse mesmo ano a empresa começou a exportar lapiseiras para o mercado americano e europeu.
Em 1924, a empresa começou a desenvolver pesquisas de tecnologia para rádios.
No ano seguinte iniciou a produção em massa de rádios.
Em 1926 começou a exportar componentes de rádios para a China, Índia e América do Sul.
No ano de 1930 lançou no mercado o rádio Sharp Dyne Type 31 equipado com microfone.
No ano seguinte estabeleceu laboratório de pesquisas nas áreas de rádio e televisão. Em 1936 introduziu no mercado o primeiro rádio com gabinete de plástico.
Em 1952 assinou acordo com a empresa americana RCA para desenvolver tecnologia para televisão.
No ano seguinte começou a produzir televisão em massa, lançando a primeira televisão preta e branca da companhia.
No ano de 1957 lançou a máquina de lavar roupa.
A década de 60 começou com o lançamento da televisão colorida CV-2101 e desenvolveu o primeiro microondas do Japão, lançado no mercado em 1962.
E até hoje se sucedem as inovações de sucesso.

SHELL

A SHELL tem suas origens em 1833,
em uma pequena loja, fundada por Marcus Samuel na região oeste da cidade de Londres, que vendia antiguidades e objetos exóticos, como belas conchas orientais que eram usadas pelas donas-de-casa para enfeitar caixas e móveis.
O negócio foi muito bem e cresceu, transformou-se em uma empresa de importação e exportação do Oriente.
Quando morreu em 1870, seus filhos, Marcus Samuel e Samuel Samuel, herdaram o negócio e continuaram a importar e vender conchas na Inglaterra.
Oito anos depois da morte do pai, os irmãos separaram suas atividades.
Marcus Samuel and Company estabeleceu-se em Londres e Samuel Samuel and Company no Japão.
Em 1885, Marcus Samuel ampliou suas atividades entrando em um novo negócio - a venda de querosene para o Oriente.
Cinco anos depois, viu os primeiros petroleiros em ação no Mar Negro e começou a fazer planos para transportar querosene russo a granel, através do Canal do Suez, encomendando oito petroleiros.
O “Murex”, primeiro deles, fez a viagem inaugural pelo canal em 1892.
E assim, de uma pequena loja de objetos exóticos surgiu a gigante do petróleo Shell !

SOUSA CRUZ
Com apenas 15 anos de idade o português Albino Souza Cruz chegou ao Brasil em 1885 junto com seu irmão menor.
Arrumou emprego em uma fábrica de cigarros.
Aos 32 anos ele tinha adquirido bons conhecimentos sobre o fabrico de cigarros e com as economias que fizera fundou sua própria fábrica de cigarros.
Assim surgiu a Souza Cruz, do esforço e trabalho de um adolescente português de 15 anos.

TAM

O Comandante Rolim Adolfo Amaro
começou a sua trajetória trabalhando como mecânico e office-boy.
Aos 21 anos ele entrou como último piloto em uma recém-criada companhia aérea de transportes regionais Táxi Aéreo Marília (TAM).
Rolim queria ser o melhor piloto da empresa, e com iniciativa e esforço conseguiu se sobressair na empresa.
Sua estratégia era atender bem ao cliente que transportava.
Após 6 anos de trabalho ele comprou seu próprio Cessna 170 para três passageiros.
Dois anos depois já possuía uma frota com 10 aeronaves, empregava 10 pilotos e um mecânico, sua empresa se chamava ATA - Araguaia Transportes Aéreos.
Em 1971, convidado por Orlando Ometto, acionista majoritário da TAM, uniu-se a ele e passou a ser acionista majoritário da TAM e seu diretor.
A TAM ainda era uma companhia pequena, Rolim a levou a ser uma grande empresa aérea.

XEROX

Chester Carlson nasceu em 1906, num lar desafortunado.
Graduou-se em química e física no Instituto de Tecnologia da Califórnia.
Depois de uma breve passagem como engenheiro na Bell Telephone foi trabalhar na seção de patentes da empresa P.R. Mallory.
Chester notou que o número de cópias de especificações de patentes disponíveis em sua seção nunca eram suficientes para atender à demanda.
Havia sempre necessidade de mais cópias.
E não existia no mercado método rápido e seguro de se obter cópias em quantidade e com qualidade aceitável.
Ele passou meses estudando tudo o que podia encontrar sobre processos de reprodução de imagens.
Ele se decidiu pela fotocondutividade.
Em 1938, numa saleta do segundo andar de um edifício do bairro de Astoria, onde instalara seu improvisado laboratório, ele e se amigo o físico alemão Otto Kornei criaram o processo para tirar cópias "xerox".
Em 1942 Chester conseguiu a patente para seu invento.
E da tenacidade de um jovem surgiu uma das maiores invenções da humanidade e mais uma empresa "capitalista".




***